domingo, 19 de dezembro de 2010

Brigadeiros viciantes

Depois das investidas em pesquisas sobre os brigadeiros de griffe, resolvi fazer uns testes e declaro: estamos viciados em brigadeiros feitos de chocolate em barra.
Das raízes açucaradas do brigadeiro feito com Nescau até aqui foi uma gradual evolução: do Nescau para o Toddy (deixa mais pretinho), do Toddy pro chocolate em pó genérico, do genérico para o chocolate Nestlé (dos Frades), do Nestlé para o cacau em pó (sem açúcar), do cacau em pó para o chocolate ao leite e agora, enfim, do chocolate ao leite para o meio amargo.
É claro que essa evolução não vai parar por aqui, porque ainda não testei os lendários chocolates belgas. Quem sabe em breve???
Outra coisa é a quantidade de chocolate. Nessa última vez, usei 2 quadrados da cobertura meio amarga da Nestlé, mas acho que um quadradinho seria o suficiente.

Brigadeiros viciantes


Ingredientes:
- 1 lata de leite condensado Leitbom;
- 2 quadradinhos de cobertura de chocolate meio amargo Nestlé (100g);
- 1 colher rasa (sopa) de manteiga.

Modo de preparo:
Misture os ingredientes em uma panela antiaderente. À medida que aquece, o chocolate vai derreter. Misture sempre até o ponto de brigadeiro.
Coloque num prato levemente untado e enrole ao esfriar, passando no granulado.
Delicie-se!

Festinha do Plutinho

Com a mesma massa do bolo do Robert, fizemos um mini (ou melhor, micro) bolo para a festinha do Plutinho. Sim, essa semana rolou mais uma festinha do Plutinho!
Essa foi mais "chique", com direito a brigadeiros, balões, salgadinhos encomendados e convidados (amiguinhos da Jú).
O tema foi das Princesas da Disney. Simplesmente porque era o que tinha mais sobra em casa (a cada festa, vamos combinar, deixa uma boa sobra de pratos, copos, balões, etc).
As duas massas foram niveladas, molhadas com a calda e receberam uma cobertura que ficou deliciosa! A decoração ficou por conta da Júlia.
A receita abaixo rende dois mini bolos deste ou um bolo médio.




Bolo de chocolate branco com recheio e cobertura de Nutella
(baseado neste daqui)

Ingredientes

Massa:
- 2 xícaras de farinha de trigo;
- 1 xícara de açúcar (usei refinado);
- 3 ovos;
- 250g de chocolate branco (usei o da Nestlé)
- 100g de manteiga;
- 1 xícara de leite (usei integral);
- 1 colher de sopa de fermento.

Calda para regar a torta:
- 4 colheres (sopa) de leite condensado;
- 1 1/2 xícara (chá) de leite;
- 1/2 colher (sopa) de aroma de amêndoas.

Recheio:
- Nutella, em temperatura ambiente.

Cobertura:
- 4 colheres (sopa) de leite condensado;
- 4 colheres (sopa) de Nutella;
- 1/4 de xícara (chá) de leite.

Modo de preparo

Massa:
Leve ao fogo baixo em uma panela de fundo pesado: o leite, chocolate picado, açúcar e a manteiga.
Mexa até que tudo derreta e vire uma mistura homogênea.
Em um bowl/tigela grande, peneire a farinha com o fermento.
Misture à farinha a mistura de chocolate, até incorporar.
Acrescente os ovos e misture bem.
Coloque em uma fôrma redonda média, untada e enfarinhada (ou divida a massa em quatro forminhas pequenas).
Leve ao forno pré-aquecido a 180º por 30 minutos ou até passar no teste do palito.

Calda:
Misture tudo e reserve em geladeira até o momento de usar.

Cobertura:
Leve ao fogo médio o leite condensado, a Nutella e o leite e misture bem. Cozinhe até engrossar um pouco (aproximadamente o ponto de brigadeiro mole). Reserve.

Como montar:
Prepare o bolo como orientado. Quando morno, desenforme.
Opcional: retire as partes mais assadas das laterais, da base e do topo do bolo, finamente (isso faz com que o bolo fique todo macio e fácil para cortar) - não fiz isso, pelo bolo já ser muito pequeno.
Nivele o topo. Parta o bolo ao meio se tiver assado uma forma maior. Se tiver assado em tabuleiros diferentes, não é necessário partir ao meio, já que a massa estará relativamente fina.
Regue bem com a calda. Acrescente uma camada de Nutella, nivelando.
Acrescente a outra parte do bolo. Regue bem com a calda. Aguarde alguns minutos, para o líquido seja bem absorvido.
Cubra o bolo com a cobertura ainda morna. Se preferir, acrescente confeitos ou enfeites.

sábado, 18 de dezembro de 2010

Bolo de rolo entre amigas

Este ano tive a doce surpresa de conhecer uma pessoinha pra lá de especial.
Usei "pessoinha" porque ela mesma se apresenta no diminutivo: Pitadinha. A Pitadinha era antes conhecida por "Magali", mas, na verdade, é a Juliana! Que confusão, né?
O importante é que uma graça de pessoa, uma amiga muito querida.
Obrigada, flor, pelos bolos de rolo! Foram arrasados em dois dias!
Muitos beijos procê, pro Filipe e para a Fernanda!



Obs. Os bolos são da São Braz Coffee Shop.

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Sobre uma alimentação saudável by Jamie Oliver

Depois do bolo ultra-mega-calórico de ontem, meu colega e pediatra André Bressan me enviou um e-mail puxando a minha orelha reforçando a importância de uma alimentação equilibrada e da retomada de um hábito que tem sido deixado de lado: cozinhar em casa.
Nessa época de epidemia de obesidade e diabetes, é bom revermos alguns hábitos. Particularmente, não vejo a necessidade de radicalizar, pois acredito que algumas mudanças já serão bem vindas.
O guia informativo do Jamie pode acessado por aqui.
E o vídeo da apresentação dessa proposta (que eu retirei do post do André), está abaixo.



Obrigada, André, pela dica!

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Bolo de chocolate branco do Robert

Amanhã é o aniversário do Robert, meu afilhado.
Como não poderia deixar de colaborar, me ofereci para fazer o bolo para a festinha da escola. Ele escolheu o sabor: "Chocolate branco". Eu perguntei: "Chocolate branco e o que mais?" Ele respondeu: "Chocolate branco". Ok! Não sou uma madrinha mágica, mas me esforcei para realizar o desejo do meu querido afilhado.
A Juliana fez o favor (ou seria a loucura?) de postar uma receita de bolo de chocolate branco com muuuito chocolate branco. Pensei, repensei, ponderei, e, por fim, o fiz! Ai Juliana, quantas calorias, que culpa! kkkkk
Como ela deu a dica de que rendia pouco, fiz uma receita dupla. A massa levou meio quilo de chocolate branco e um tablete de manteiga (entenderam porque eu disse que era uma loucura?). Depois de assada, fica bem pesada, e o sabor é ótimo! :)
O recheio foi uma adaptação do creme tradicional de pavê, adicionado de que??? Chocolate branco!
E a cobertura? Chocolate branco! Mas só as raspinhas, feitas com o ralador grosso. O chantilly foi substituído pela Mousse Nestlé Creme (que, de novo, errei o ponto!).
Fiquei satisfeita comigo mesma por ter tido muita paciência no põe-tira o bolo da geladeira. Hoje estava bem quente, foi o jeito!
Tomara que ele aprove! (ansiedade!!!)


Aí vai o passo a passo...

Bolo de chocolate branco do Robert

Ingredientes

Massa (dobrei a receita):
- 2 xícaras de farinha de trigo;
- 1 xícara de açúcar (usei refinado);
- 3 ovos;
- 250g de chocolate branco (usei o da Nestlé)
- 100g de manteiga;
- 1 xícara de leite (usei integral);
- 1 colher de sopa de fermento.

Calda para regar a torta:
- 4 colheres (sopa) de leite condensado;
- 1 1/2 xícara (chá) de leite;
- 1/2 colher (sopa) de aroma de amêndoas.

Creme branco:
- 1 lata de leite condensado;
- 1 medida da lata de leite integral;
- 1 colher (sopa) de Maizena;
- 1 colher (sobremesa) de baunilha;
- 100g de chocolate branco em pedaços;
- 2 gemas.

Cobertura:
- Mousse de Creme da Nestlé preparado conforme as instruções da embalagem (o quanto baste) - mantenha refrigerado até a hora de usar;
- 150g de chocolate branco (Marfim) da Nestlé, ralado em ralador manual, no ralo grosso - após ralar, leve à geladeira (eles ficarão bem soltinhos e mais firmes).

Modo de preparo

Massa:
Leve ao fogo baixo em uma panela de fundo pesado: o leite, chocolate picado, açúcar e a manteiga.
Mexa até que tudo derreta e vire uma mistura homogênea.
Em um bowl/tigela grande, peneire a farinha com o fermento.
Misture à farinha a mistura de chocolate, até incorporar.
Acrescente os ovos e misture bem.
Coloque em uma fôrma redonda média, untada e enfarinhada.
Leve ao forno pré-aquecido a 180º por 30 minutos ou até passar no teste do palito.

Calda:
Misture tudo e reserve em geladeira.

Recheio (creme branco):
Leve ao fogo médio o leite condensado, a Maizena dissolvida no leite integral e as gemas. Cozinhe até engrossar. Apague o fogo e acrescente o chocolate e a baunilha, mexendo bem. Caso o chocolate não dissolva por completo, leve ao fogo baixo até derreter. Reserve.

Como montar:
Prepare o bolo como orientado. Quando morno, desenforme. Retire as partes mais assadas das laterais, da base e do topo do bolo, finamente (isso faz com que o bolo fique todo macio e fácil para cortar). Parta o bolo ao meio.
Regue bem com a calda. Acrescente uma camada espessa do creme branco, nivelando. Leve à geladeira para firmar um pouco mais.
Retire da geladeira e acrescente a outra parte do bolo. Regue bem com a calda. Aguarde alguns minutos, para o líquido ser bem absorvido.
Cubra o bolo com o Mousse de creme e leve à geladeira por alguns minutos.
Decore com o chocolate branco ralado. Caso prefira, pode enfeitar com cerejas ou morangos.

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Cursos em dezembro da Fátima Eid em Brasília

Foto retirada daqui
Bom dia a todos (as)!
Desculpem o meu esticado sumiço, mas a correria não tem permitido que eu atualize o blog, infelizmente!
Essa é uma dica para quem mora em Brasília e quer aproveitar o Natal para fazer uns presentinhos comestíveis, enriquecer a ceia ou ganhar uns trocados (até, quem sabe, as três coisas juntas, não é mesmo??): os cursos da Fátima Eid de dezembro/2010.
Tem cursos de pão de mel, biscoitos amanteigados decorados para o Natal, bolos gelados, doces finos, frango desossado e rocambole de frango, massa folhada, cake pops (bolos no palito), roscas, tortas ao Leite Ninho, verrines (doces de colher) e bolo em formato de livro aberto coberto com pasta americana. Delícias, não é mesmo?
O link com a programação é este.

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Mamãe, compra? Mamãe faz! kkkk

Minha filha me pediu uma Barbie Vida de Sereia, que tem como maior atrativo "vestir" a cauda de sereia.
Mas como ela tem muitas, muitas Barbies e não brinca muito com elas (só sereias tem duas!), dei uma opção: fazermos uma roupa de sereia. Eu não estava muito confiante, então usei um retalho que estava meio largado.
Gostei da idéia, e a minha filha, mais ainda. Não quis mais saber da Barbie! Combinamos fazer depois de outras cores, e com a cauda mais larga (ficou estreita porque o retalho era dequela largurinha).

A Barbie sereia caseira...


A Barbie entre as outras sereias da Júlia...


A famosa Júlia Melo, sapequinha, de roupinha nova! Em tempo: por favor, nunca faça roupa de boneca de cetim, a menos que tenha muita prática e habilidade!

Adesivagem no Natal

No ano passado, passei uns dois meses preparando uma surpresa para presentear as minhas tias e comadres.
Comprei 15 vidros que decorei com adesivos natalinos usando a técnica de adesivagem que a Eliane Tanelli desenvolveu, que é muito bacana!
Mas confesso que foi tão, tão corrido e estressante fazer e confeitar centenas de biscoitos para enchê-los na semana do Natal que eu nem fotografei direito :(
Nessa semana, a Eliane me mandou um e-mail de divulgação, que gostaria de compartilhar com vocês. Ela está vendendo o DVD que ensina como fazer adesivos e o kit vem com vários materiais bacanas!
Eu já comprei o meu há alguns meses e vou dizer uma coisa: vocês ficarão com vontade de adesivar tudo o que virem pela frente!!! Fora que dá para ganhar uma graninha extra no Natal ou economizar nos presentes fazendo as lembrancinhas em casa mesmo!
Os adesivos podem ser colados em vidros, plásticos, madeira e tecido. Podem ser feitos a mão livre ou a partir de plásticos da Cromus. Super versáteis!
O texto do e-mail é este aí...

APROVEITE A PROMOÇÃO DE ADESIVAGEM ATÉ 15.11.

O MELHOR CONTEÚDO DIDÁTICO DA TÉCNICA, PRA COMEÇAR SEU PEQUENO NEGÓCIO.

APOSTILA MAIS O DVD, MAIS AMOSTRA DO ADESIVO PRONTO, MAIS PLÁSTICOS DE PRESENTE CROMUS, TUDO COM FRETE GRÁTIS POR APENAS: R$ 50,00

MAS É SÓ ATÉ DIA 15.11!

OBRIGADA

Eliane Tanelli
http://e.tanelli.fotoblog.uol.com.br
fone: 11-9949.9713

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Cursos em novembro da Fátima Eid em Brasília

A Fatima Eid está agora no Rei das Embalagens, na 513 Sul.
Os cursos de novembro estão super bacanas! Pena que estarei tão ocupada, acho que não vou conseguir fazer nenhum :(
Tem curso de Pasta de Leite Ninho, Panetones e Chocotones, Bolo Bombom, Bombons, Torta Pinheirinho de Natal, Culinária Árabe, Flores em açúcar, Bem casados e outras delícias!
Mas vou divulgar para vocês, porque valem a pena!
O link para acesso à programação é este.
REI DAS EMBALAGENS
Av. W3 Sul Quadra 513 Bloco B Lojas 31 e 35 – Brasília/DF
(61) 3533-5119
Contato: Lêda
cursos@reidasembalagens.net
www.reidasembalagens.net

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Muffin de cenoura com cobertura de brigadeiro e uma dica para mamães que recebem amigos dos filhos em casa

Fazia tempo que estava querendo fazer uns muffins de cenoura e ontem foi o dia.
Para não correr o risco de errar, escolhi uma receita da Patrícia Scarpin e, por sorte, tinha quase todos os ingredientes em casa.
A dica é a seguinte... Recebeu os coleguinhas dos filhos em casa e eles estão entediados ou, pelo contrário, agitados? Peça ajuda para fazer o lanche. Coloque a criançada para lavar bem as mãos, peça que separem os ingredientes, batam a massa, arrume as forminhas ou, simplesmente, como fiz hoje, confeitem os bolinhos.
Elas escolheram os confeitos que queriam, reservei um potinho para cada variedade e as deixei livres para criar.
Antes de começar a fazer esse muffin, sugiro que role um papo para avaliar se o bolinho de cenoura será aceito ou se teremos que fazer um de chocolate, que é sempre bem vindo. Sejamos realistas: nem todas as crianças comem coisinhas mais saudáveis. Como as meninas se comprometeram a comer, topei. Da próxima vez, vou processar a cenoura, para ficar bem picadinha e a massa laranjinha.
Os bolinhos receberam a cobertura de brigadeiro mole e confeitos diversos.

Observação: Não estranhem! A nossa árvore de Natal já está montada! Adoramos o Natal!!!


Muffins de cenoura (retirado daqui)

xícara medidora de 240ml

- 2 xícaras (280g) de farinha de trigo;
- 2 colheres (chá) de fermento em pó;
- 3/4 xícara + 1 colher (sopa) – 162g – de açúcar refinado;
- 1 pitada de sal;
- 1 xícara (260g) de iogurte natural (consistência firme) (usei iogurte Batavo, mas como tinha apenas um pote, acrescentei mais um ovo);
- 2 ovos (como dito antes, usei 3 para compensar a falta parcial do iogurte);
- 1/2 xícara (120ml) de óleo;
- raspas da casca de 1 limão siciliano grande (não usei);
- 1 1/2 xícaras (135g) de cenoura ralada no ralo grosso;
- açúcar de confeiteiro, para polvilhar (usei brigadeiro mole ao invés do açúcar).

Modo de preparo:
Pré-aqueça o forno a 180°C.
Forre doze forminhas de muffin, tamanho normal (rendeu 16).
Peneire a farinha e o fermento numa tigela grande. Junte o açúcar e o sal e misture. Reserve.
Numa outra tigela, misture o iogurte, os ovos, o óleo e as raspinhas de limão (se utilizar) até obter um creme homogêneo. Junte esta mistura aos ingredientes secos, acrescente a cenoura e misture. A massa não deve ficar homogênea.
Transfira a massa para as forminhas preparadas e asse por 20-25 minutos ou até que os muffins dourem – faça o teste do palito.

quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Segredinho... onde achar fava de baunilha em Brasília

Depois de pesquisar, pesquisar, descobri: tem fava de baunilha em Brasília, no mercadinho La Palma.
Nunca experimentei, acho um pouco caro também, R$ 6,00 a unidade.
Quero comprar uns potinhos para poder fazer um Creme Brulée e as favas serão as convidadas de honra!

terça-feira, 12 de outubro de 2010

Segredinho... Torta Mousse de chocolate

Depois de ter colocado na receita anterior o link para o site da Nestlé me dei conta de uma coisa que me deixou abismada!
Ao ler direitinho as instruções da divulgação li uma preciosa dica, e pensei: "Isso merece um post!".
Se adicionarmos gelatina ela fica mais consistente, para uma Torta Mousse de chocolate.
Provei recentemente uma torta que era assim: base fininha de brownie, mousse de chocolate e uns enfeitinhos por cima. A mousse tinha o gosto exato dessa da Nestlé, agora descobri o segredinho deles! E vai entrar pra minha listinha de coisas a testar!
Estou me sentindo uma caçadora de mitos culinários! (boba!!!)

domingo, 10 de outubro de 2010

Segredinho... brigadeiros e Chocolate Belga

Aqui em Brasília está a maior onda "Chocolate Belga" que já vi.
Por enquanto eu só vi, ainda não provei, mas deve ser bom! Um monte de confeitarias exaltam isso em suas propagandas.
Aí que saiu um post no Rainhas do Lar, chamado "O melhor brigadeiro do mundo", falando sobre os brigadeiros da Helena Gasparetto. E não é que o tal chocolate Belga tá lá de novo???
Tudo bem que os brigadeiros dão água na boca, bem como os da Puro Brigadeiria, que toda vez que a Dani divulga eu sinto um revertério, mas ainda não tive a honra de experimentar.
Onde está o segredinho? Tá nos comentários do outro post de referência, onde a Helena Gasparetto não dá a receita (ah, que peninha!) mas deu uma dica: "1) MEUS BRIGADEIROS SÃO FEITOS COM CHOCOLATE BELGA, DA CALLEBAUT: USO O EM PÓ, E também EM BARRA, MEIO AMARGO, DERRETIDO. 2) O GRANULADO ESCURO, IRREGULAR, É DA CALLEBAUT. 3) O granulado compridinho, ao leite é da KOPENHAGEN!Compra-se nas lojas Kopenhagen, a granel (cerca de $ 80,00 o QUILO) Mas o importante, gente, não é só o granulado, viu? É, sim, a receita no seu resultado FINAL, com ingrediente4s de alta qualidade, como os que utilizo. Na minha coluna, dou receita de brigadeiros bicolores: www.sitegourmet.com.br".
Depois, o pessoal deu umas dicas de onde comprar: Central do sabor, de São Paulo. No site não consta o chocolate em pó, mas tem o chocolate em gotas (parece!) que sai a aproximadamente R$ 61,00 o pacote, com 2,5kg.
Sai mais caro, mas não absurdamente superior como eu imaginava, pelos preços inflacionados das confeitarias daqui de Brasília.
Alguém já fez? Tem alguma dica pra nos ajudar nessa busca?

Torta mousse de chocolate com pão de ló de amêndoas

Fiz um pão-de-ló muito especial para o bolo do aniversário da nossa fofíssima Jade.
O tema da festa era "A turma da Mônica". O bolo foi recheado e coberto com mousse de chocolate e ao redor do papel arroz do centro do bolo eu fiz várias florzinhas com chantilly branco, com o centro formado por bolinhas de Choco Power Ball em amarelo e rosa.
Realmente a minha memória está precisando de um aditivo rsrsrsrs. Mais uma receita sem foto! Mas ainda existe uma esperança, pois vou pedir pro cumpadi Marcelo uma fotinha para ilustrar o post! (ele me mandou e olha a foto aí... a Mônica ficou moreninha, por conta da cobertura de chocolate)


A massa, recheio e calda são baseadas em receitas de tortas da Fátima Eid, que recebeu as amêndoas e outros aditivos por inspiração minha! rsrsrs
Usei o Mousse Suflair e quem ainda não usou e resiste por achar que não fica bom, um recado: teste uma vez apenas! Gente, é revoltante! Já comi em muita confeitaria bacana com a maior pinta de iguaria! É como o tal falso chantilly, feito com emulsificante, que ninguém diz que não é creme de leite! Os confeiteiros são espertinhos, galera! Aí vai...

Pão de ló de amêndoas

Ingredientes:
- 6 ovos;
- 1 1/2 xícara (chá) de açúcar refinado;
- 1/2 xícara (chá) de água;
- 2 colheres (sopa) de óleo (usei de Canola);
- 1 1/2 xícara (chá) de farinha de trigo;
- 1 colher (sopa) de fermento em pó;
- 1/4 xícara rasa (chá) de amêndoas (depois de medir eu ralei as amêndoas).

Modo de preparo:
Bata os ovos com o açúcar na batedeira até crescer. Em uma outra vasilha, coloque a farinha peneirada e as amêndas raladas, mexendo bem. Coloque a água e o óleo para ferver e junte aos ovos na batedeira alternando com a farinha de trigo. Por último, misture delicadamente o fermento.
Leve ao forno pré-aquecido a 180 graus em uma forma redonda de 27cm (usei uma de 25cm com fundo removível e ficou um lindo e alto bolo), untada e enfarinhada. Use o teste do palito para saber o ponto.
Com a massa ainda morna, desenforme e reserve.


Calda para regar a torta


Ingredientes:
- 4 colheres (sopa) de leite condensado;
- 1 1/2 xícara (chá) de leite;
- 1/2 colher (sopa) de aroma de amêndoas.

Modo de preparo:
Misture tudo e reserve em geladeira.

Recheio de mousse de chocolate modificado

Ingredientes:
- Pó para Mousse Suflair comprado pronto, preparado como as instruções da embalagem;
- meio pote de Nutella;
- 200g de chocolate ao leite Nestlé;
- um pouco de creme de leite gelado sem soro.

Modo de preparo:
Não fiquem com raiva de mim com as medidas, foi na intuição mesmo!
Eu preparei a mousse como a embalagem, mas, como também estava muuuuito quente, me preocupei se daria certo usar a mousse apenas. Levei a mousse para a geladeira e comecei a saga do firmar a mousse, já que conhecia a estabilidade desse produto e confiei que daria certo! Sim, muitas vezes a gente tem que confiar e seguir adiante! rsrsrsrs
Derreti o chocolate no microondas e adicionei umas duas colheres de sopa de creme de leite gelado sem soro, mexendo bastante. Ficou uma ganache firme. Voltei a mousse para a batedeira, adicionando a Nutella e depois a ganache. Coloquei para bater por uns 2 minutos, na velocidade baixa. Voltou para a geladeira.

Como montar a torta...

Corte a massa ao meio, ou em três partes, como preferir. Como era um bolo para crianças, achei melhor ter menos recheio, então, cortei ao meio.
Regue bem com a calda, com o auxílio de uma colher. Quando absorver, coloque a mousse gelada. Coloque a outra parte do bolo. Cortei o tampo do bolo para nivelar (uns 2cm de altura) e não ficar muito alto (porque usei uma forma um pouco menor que o recomendado)*.
Regue o topo, aguarde absorver e cubra com a mousse.
Coloque o papel arroz e faça flores de chantily. Eu coloquei no centro de cada florzinha uma bolinha de Choco Power Ball e depois de um tempo, algumas das flores ficaram manchadas por causa do corante em contato com o chantily. Acho que fazer as flores e colocar na geladeira para só depois colocar as bolinhas ficaria melhor.

* Reserve esse tampo, embale bem com papel filme e congele. Quando tiver com vontade de comer uma torta, tire a massa do freezer, deixe em temperatura ambiente por 30 minutos. Monte uma mini torta da mesma forma que a grande, numa forma para pão de mel com fundo removível. Fica um charme e uma delícia!!!

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Cupcake de chocolate e café, beeem pretinho!

Comprei duas formas para muffins em tamanho tradicional e estava cheia de vontade de estreá-las!
Pensei em uma receita mais saudável, ou com frutas, mas estava com amêndoas fresquinhas em casa e quando vi essa receita no blog da Patrícia Scarpin não tive dúvidas: seria aquela! Patrícia, não tem dieta que resista ao seu delicioso blog!!!
Meus queridos leitores e leitoras que me desculpem, mas não tirei fotos! Vocês terão que acreditar em mim! Ficou muito bom! Eu coloquei um pouco mais de café e deu um sabor bem gostoso, e até a minha filha comeu sem se queixar (e ela é meio resistente a sabores diferentes).
O sabor do bolinho é mais forte, um pouco amargo até... Servido com cafezinho, ou com uma cobertura mais doce fica PERFEITO! Provamos com geléia de morangos e mousse de chocolate. Booooooom demais! Fora que a massa fica bem pretinha, uma tentação!

Cupcakes de chocolate da Ana (tirado daqui)

- xícara medidora de 240ml

Bolinhos:
- 1 xícara + 2 colheres (sopa) - 170g - de farinha de trigo;
- 1/4 xícara (22g) de cacau em pó, sem adição de açúcar;
- 1 1/4 colheres (chá) de bicarbonato de sódio;
- 1/4 colher (chá) de sal;
- 1 ovo grande;
- 1/2 xícara (88g) de açúcar mascavo – aperte-o na xícara na hora de medir;
- 1/2 xícara (100g) de açúcar granulado;
- 1/2 xícara (120ml) + 2 colheres (sopa) de leite integral;
- 1/3 xícara (80ml) café forte ou espresso (como usei o café que estava pronto, normal, adicionei duas colheres de chá rasas de café solúvel Nescafé Tradicional);
- 1/2 xícara (113g) de manteiga sem sal, derretida e fria (usei em temperatura ambiente);
- 1/5 xícara de amêndoas raladas ou picadinhas (inclusão minha).

Cobertura: (não usei, mas fica como uma sugestão!)
- 170g de chocolate meio-amargo (usei 70% de cacau), picadinho;
- 3/4 xícara (180ml) de creme de leite fresco;
- 3 colheres (sopa) – 42g – de manteiga sem sal, temperatura ambiente.

Modo de preparo:
Pré-aqueça o forno a 180°C e forre uma forma de muffins com 12 cavidades com forminhas de papel próprias.
Peneire a farinha, o cacau, o bicarbonato e o sal em uma tigela.
Em outra tigela, misture o ovo e os açúcares (eu não tinha os açúcares da receita, então, coloquei as duas medidas de açúcar refinado) até ficar homogêneo. Junte o leite, o café e a manteiga derretida. Despeje esta mistura sobre os ingredientes secos e misture até que fique homogêneo.
Divida a massa entre as formas, enchendo-as até 3/4 da capacidade (coloquei até a metade). Asse por 15 minutos, ou até que um palito inserido no meio saia limpo. Os bolinhos não vão crescer muito e ficarão achatados no topo, o que facilita na hora de confeitá-los.
Esfrie nas formas por 10 minutos. Com uma pequena espátula ou faca, desenforme-os com cuidado, deixando que terminem de esfriar sobre uma grade.
Enquanto isso, faça a cobertura: derreta o chocolate em banho-maria, mexendo de vez em quando. Tire do fogo. Aqueça o creme de leite e junte ao chocolate, mexendo bem com um fuê. Deixe que amorne um pouco e junte a manteiga, mexendo até que ela esteja bem incorporada. Deixe descansar até firmar o suficiente para espalhar a ganache sobre os bolinhos (1 hora em temperatura ambiente ou 20-30 minutos na geladeira).
Espalhe a cobertura nos bolinhos.
Dica legal: Sirva no mesmo dia ou guarde-os num recipiente hermético fechado na geladeira, onde eles se conservam bem por mais alguns dias: a cobertura firma mais um pouco, mas não deixa de ser deliciosa, e ela protege o bolinho do ressecamento.

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Segredinho... Cupcake Nhá Benta

Bom dia a todas (os)!
Esse post é "Top Secret", ok? (mas está publicado na internet! rsrsrs)
É o seguinte: vi esse post super ultra mega calórico e logo em seguida vi fotos do mesmo cupcake em outros blogs, de pessoas que os comercializam.

Fotos tiradas do site: Bakerella

A essas pessoas que vendem, meus pedidos de desculpas, mas vou colocar o link que ensina como fazer, porque, afinal, uma ensina a outra, que ensina a outra e por aí vai, porque não precisamos reinventar a roda, não é mesmo?
Quem fizer primeiro conta como foi a experiência, combinado??
O trabalhinho que vocês terão será o de traduzir, porque o post está em inglês, mas o Google Tradutor é um super aliado.

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Bom dia, amiguinhos, já estou aqui!

Estou de volta!
Nem acredito que fiquei tanto tempo sem postar!
Não foi por falta de receitas novas testadas, mas sim pela correria dos últimos meses! Trabalhando muito, estudando muito, viajando, fazendo "obras de arte" com a minha pequena, muitas coisas boas acontecendo, graças a Deus!
Bem, nessa volta, vou compartilhar com vocês uma receita de Sorbet que fiz ontem, que dividi em duas partes: maracujá e manga. O Sorbet é um sorvete a base de água, então, apesar da quantidade de açúcar, dói menos a consciência do que os sorvetes a base de leite (e creme de leite, leite condensado...).
A Mariana Sebess indica que seja usado um densímetro para avaliar a quantidade de açúcar, mas como eu não tenho, isso foi determinada pelo paladar. A liga neutra faz com que ele não fique com a consistência de gelo, fica cremosinho, vale a pena!
Eu preferi o de maracujá, que é ainda mais refrescante.
Quando fui tirar as fotos, vi que a câmera estava sem bateria. As fotos não ficaram muito boas, pois tirei com o celular, mas dá pra ter uma idéia!
Bem, vamos às receitas...



Xarope-base para o sorvete


Ingredientes:
- 4 xícaras de água (usei a xícara medidora de 250ml, ou seja, 1l de água);
- a mesma medida de açúcar.
(se as frutas estiverem muito doces ou preferir o sorbet menos doce, use a proporção de 3/4 de açúcar para cada xícara de água)

Modo de preparo:
Leve a água ao fogo e acrescente o açúcar. Mexa até dissolver. Quando ferver, deixe por mais 5 minutos. Vai formar uma calda rala. Espere esfriar e leve à geladeira até o dia seguinte. Vai render aproximadamente 1l de calda.


Sorbet de manga


Ingredientes:
- 2 mangas Tommy bem maduras;
- 400ml de xarope-base para sorbet;
- um pouco de água filtrada e gelada (o suficiente para bater as mangas, cerca de 200ml);
- meia colher (café) de ácido cítrico (usei da Mix);
- 1 colher (chá) de liga neutra para sorvetes (usei Marvi);
- glucose (pode ser Karo) - se necessário (não usei).

Modo de preparo:
Descasque e corte a manga em pedaços. Bata no liquidificador (ou mixer) com um pouco de água, ate ficar uma polpa bem grossa, mas sem pedaços. Peneire o líquido para tirar os fiapos de manga, passando-o para a tigela grande da batedeira.
Acrescente o xarope e prove o dulçor, lembrando-se de que ao congelar, um pouco dele vai-se embora. Se estiver sem açúcar, acrescente um pouco de glucose de milho (Karo), se estiver doce demais, acrescente um pouco de água filtrada gelada.
Acrescente o ácido cítrico, que entra para realçar o sabor da manga. Misture.
Acrescente a liga neutra e bata na batedeira por 5 minutos, na velocidade baixa (como pode espirrar um pouco, recomendo que você coloque um pano de prato grande e limpo sobre ela antes de ligar).
Transfira o líquido para uma vasilha com fecho hermético e leve ao freezer por pelo menos 12h.
Quando for servir, retire do freezer alguns minutinhos antes, para facilitar o manuseio.
Rende aproximadamente 1l.

Sorbet de maracujá


Ingredientes:
- polpa de 5 a 6 maracujás;
- 600ml do xarope-base para sorbet;
- água o suficiente para bater as polpas (aproximadamente 150ml);
- 1 colher (chá) de liga neutra;
- glucose (pode ser Karo) - se necessário (não usei).

Modo de preparo:
Bata a polpa com a água, sem deixar quebrar as sementes, com um mixer ou liquidificador.
Peneire e reserve. Transfira essa polpa de maracujá para a tigela grande da batedeira. Acrescente o xarope e prove (se quiser mais doce, acrescente a glucose (ou Karo), se preferir menos forte, ou se tiver muito doce, acrescente água filtrada gelada, lembrando-se de que ao congelar se perde um pouco do dulçor).
Acrescente a liga neutra, coloque um pano de prato grande, limpo e seco sobre a batedeira para não espirrar pela cozinha e deixe a mistura batendo por 5 minutos, na velocidade mínima.
Transfira o líquido para o freezer em uma vasilha de fecho hermético e deixe por pelo menos 12h.
Quando for servir, retire do freezer alguns minutinhos antes, para facilitar o manuseio.
Rende aproximadamente 1l.
***** Deve ficar um escândalo com um petit gateau de chocolate amargo, imaginem... hum!!!

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Uma homenagem aos homens de família

Entre nós, mulheres, é bastante comum conversarmos sobre os conflitos que enfrentamos no dia-a-dia, para dar conta das nossas atribuições como mulheres, esposas, amigas, avós, mães, filhas, irmãs, netas e trabalhadoras.
O desejo de acertar nos cuidados com os filhos talvez seja o nosso maior conflito, o nosso maior sonho e o nosso maior risco. Digo isso porque precisamos fazer concessões e introduzir o pai nesse projeto, o que nem sempre é fácil.
Muitas mães se queixam de estarem sobrecarregadas, mas muitas vezes elas não permitiram a colaboração dos pais, seja pela idealização da maternidade, seja pela dificuldade em negociar e pensar junto. No entanto, os homens têm o seu papel e não podem se acomodar diante disso e se omitir.
Gostaria de compartilhar um vídeo muito lindinho que o André Bressan postou há um tempo, que fala sobre um "Homem de família" e nos leva a refletir sobre como os pais, assim como nós, também fazem concessões e também colhem os doces frutos desse investimento.
Em especial, dedico o vídeo a pais maravilhosos: ao meu papai querido e ao meu maridão-príncipe que neste Dia dos Pais completa 35 aninhos.
Com muito carinho, recebam um abraço especial meu padrinho Jairo, meu irmão Júnior, meu cunhado João e meus cumpadres André, Marcelo e Júnior, além dos queridos tios, primos e amigos.
Parabéns, homens de família!

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Bolo mesclado

A minha filha A-D-O-R-O-U o bolo mesclado que comeu na casa da minha prima-e-comadre.
Eu não podia deixar de aproveitar essa novidade, já que a minha pequena é um "tiquinho" restritiva a novos sabores, então fiz esse bolo e foi um sucesso. Tirei a receita do site Tudo gostoso, que tem boas recomendações.
No entanto, esse não é um bolo mesclado tradicional, daqueles que parecem bolo inglês, consistente. Ele é bem fofinho e gostoso, mas suja bastante louça, então, é um bolo para finais de semana ou dias de muita paciência para encarar a pia depois.
A receita rende uma forma com buraco no meio grande. Como a minha é média, fiz uns muffins com a massa que sobrou, mas não recomendo, porque a manteiga subiu e deu uma impressão feia.
Uma prova de como ele é gostoso é a foto abaixo. Foi tirada depois do lanche da tarde, no qual comemos metade do bolo numa sentada! Três pessoas!



Bolo mesclado
Tirado daqui

Ingredientes:
- 2 xícaras (chá) de farinha de trigo peneirada;
- 2 xícaras (chá) de açúcar peneirado;
- 1/2 xícara (chá) de margarina (usei manteiga);
- 3 ovos;
- 1 pitada de sal;
- 1 xícara (chá) de leite;
- 1 colher (sopa) de fermento químico;
- 3 colheres (sopa) de chocolate em pó (usei Nestlé).

Modo de Fazer:
Peneire a farinha em uma vasilha e reserve.
Separe as gemas, peneire e bata com o açúcar e a margarina/manteiga. Bata. Acrescente a farinha de trigo e o leite, mexendo sempre.
Bata as claras em neve e adicione o fermento. Acrescente essa mistura à massa.
Bata mais um pouco.
Unte a forma redonda e esfarinhe.
Coloque mais de metade da massa e reserve. Coloque o chocolate no restante da massa e misture bem. Acrescente sobre a massa branca, mexendo delicadamente com um garfo, para mesclar.
Asse em forno médio, 180º graus, por aproximadamente 30 a 40 minutos (o teste do palito definirá).

quarta-feira, 28 de julho de 2010

Yakissoba caseiro

Estava há tempos com vontade de comer Yakissoba e hoje, enfim, rolou.
Usei como base uma receita deliciosa da culinarista Fátima Eid, mas as proporções foram alteradas no olhômetro, porque o rendimento é muito grande, serve bem 8 pessoas. Como éramos apenas duas pessoas famintas e tinha só um pacote do macarrão, fiz mais ou menos meia receita.
Mesmo assim, lá pelas tantas, foi necessário dividir os ingredientes em uma frigideira enorme e uma panela grande, para poder misturar tudo e cozinhar bem.
Se você optar for fazer a receita na íntegra e, como eu, não tiver uma wok, sugiro usar dois tabuleiros grossos e altos.
Jantamos e ainda ficou uma quantidade boa para amanhã (a da foto). Sim, tirei foto do que restou, porque na hora de servir a fome estava demais, sorry!
Fátima, você arrasou nessa receita! Gente, eu tô falando, vale a pena fazer os cursos dela!!


Yakissoba caseiro

Rende 8 porções

Ingredientes:
- 500g de macarrão para yakissoba cozido ao dente (equivale a dois pacotinhos e meio) cozido com um fio de óleo e sal;
- 1 colher de sopa bem cheia de amido de milho (Maizena);
- 1 xícara (chá) de caldo de frango (água quente com um caldo Knorr Vitalie de frango dissolvido);
- 300 a 400g de filé mignon cortado em tiras (usei peito de frango em cubos, levemente temperados);
- 2 colheres (sopa) de óleo de gergelim (não tinha, então não usei);
- 4 cogumelos shitake frescos ou um vidro pequeno de champignons picados (optei pela segunda opção);
- 2 cenouras em palitos;
- 1 acelga picada;
- 1 couve-flor picada;
- 1 brócolis japonês picado;
- 1 pimentão verde em tiras (usei amarelo);
- 1 pimentão vermelho em tiras;
- 2 colheres (sopa) de açúcar;
- entre 150 a 250ml de shoyu (usei molho pronto para yakissoba);
- óleo;
- sal a gosto.

Modo de preparo:
Refogue o macarrão no óleo, fritando-o um pouco (à medida que frita, pode ser necessário adicionar um pouco mais de óleo). Reserve mantendo-o aquecido (eu coloquei no forno). Dissolva o amido no caldo de frango frio e reserve. Frite a carne/frango (sem tempero ou com pouco) até sair o suco da carne. Acrescente a cenoura e refogue bem. Acrescente a couve flor, os brócolis, o shitake (ou champignons) e a acelga, misturando bem. Coloque o açúcar e mexa. Despeje o shoyu (ou molho para yakissoba). Acrescente o pimentão, misture e junte o óleo de gergelim. Ponha o caldo de frango e mexa em fogo baixo até engrossar um pouco. Junte o macarrão delicadamente e sirva ainda quente.

Céu de Brasília

Hoje estive na Esplanada, resolvendo algumas coisinhas.
Eu adoro aquele lugar. Acho os prédios lindos, imponentes, mesmo com aquele concreto todo. Gosto de pensar que naquele momento decisões importantes podem estar sendo tomadas, gosto da energia dali, de ver a revoada dos pombos em frente ao Panteão da Pátria e da Liberdade (que está em reforma).
Um espaço bem democrático, com muitas pessoas engravatadas, muitas mulheres de salto alto (como eu, rsrsrs) e muitos brasileiros comuns, que estão visitando, acampando (como alguns poucos índios que estavam por ali), se manifestando (acho que dá pra ver alguns manifestantes na foto da Catedral) ou simplesmente trabalhando, muitos sem se dar conta daquele céu azul maravilhoso, da brisa fresca e seca e dos monumentos belíssimos que nos rodeavam.
Não resisti e tirei umas fotos! Ficaram minúsculas, porque foram do celular.
Esse meu romance com Brasília não tem nada a ver com culinária, mas me dei o direito de viajar um pouco e publicar isso aqui, embora esse barato de hoje cedo tenha aumentado a minha disposição em caprichar no almoço e passear bem muito hoje à tarde!
Em tempo: não me levem a mal, queridos e queridas leitoras, mas não me contenho! Votem direitinho, por favor! Essa linda cidade não merece a fama que tem, nem nós, brasilienses, merecemos as não raras hostilidades que sofremos o relatar nossa origem.


Linha do equador
Caetano Veloso
Composição: Caetano Veloso / Djavan

Luz das estrelas
Laço do infinito
Gosto tanto dela assim
Rosa amarela
Voz de todo grito
Gosto tanto dela assim
Esse imenso desmedido amor
Vai além de seja o que for
Vai além de onde eu vou
Do que sou minha dor
Minha linha do Equador
Esse imenso desmedido amor
Vai além de seja o que for
Passa mais além do céu de Brasília
Traço do arquiteto
Gosto tanto dela assim
Gosto de filha
Música de preto
Gosto tanto dela assim
Essa desmesura de paixão
É loucura do coração
Minha Foz do Iguaçu
Polo sul, meu azul
Luz do sentimento nu
Esse imenso desmedido amor
Vai além de seja o que for
Vai além de onde eu vou
Do que sou minha dor
Minha linha do Equador
Mas é doce morrer neste mar
De lembrar e nunca esquecer
Se eu tivesse mais alma pra dar
Eu daria, isto pra mim é viver
Céu de Brasília, traço do arquiteto
Gosto tanto dela assim
Gosto de filha, música de preto
Gosto tanto dela assim
Essa desmesura de paixão
É loucura do coração
Minha Foz do Iguaçu, polo Sul
Meu azul, luz do sentimento blue
Esse imenso desmedido amor
Vai além de seja o que for
Vai além de onde eu for, do que sou
Minha dor, minha linha do Equador
Mas é doce morrer neste mar de lembrar
E nunca esquecer
Se eu tivesse mais alma pra dar
Eu daria, isto pra mim é viver

Tirei a letra daqui

terça-feira, 27 de julho de 2010

Cursos em agosto da Fátima Eid em Brasília

Impressionante como esse mês passou rápido!
Quando recebi a mensagem da Fátima Eid foi que me dei conta de que agosto está aí!
A programação está aqui e tem cursos promocionais, tipo "compre um produto e ganhe o curso" e a preços super promocionais, a maioria a R$ 15,00. Imperdível!!!
Fiquei com muita vontade de fazer o curso de bicos de confeitar, que será no sábado, dia 21, mas estarei viajando (uma boa causa!!).
Quem tem vontade de aprender a trabalhar com a pasta de leite ninho, tem aula no dia 07/08!
Vale a pena!

domingo, 25 de julho de 2010

Comidinhas simples e rápidas - filé de peixe com gergelim tostado

Nessa semana corrida e com pouco tempo para a cozinha (o que também ocorreu com o blog), o cardápio ficou restrito a risotos, macarrão e pizza. Dá-lhe carboidrato!
Como ninguém merece comer sempre os mesmos pratos, consegui variar um pouco as combinações, como com o almoço composto por peixe grelhado com gergelim tostado, purê de batatas assado e arroz com ervilhas e cenoura.


Tudo ultra básico, mas o peixe mereceu destaque. Foi uma idéia da minha amiga Flávia.
Usei filé de Saint Peter, temperado com tempero pronto e um pouquinho de azeite.
Antes de grelhar o peixe, pegue um pouco de gergelim e leve ao fogo médio, com uma frigideira já aquecida. Misture algumas vezes. Quando o gergelim começar a "estourar", douradinho, retire do fogo e coloque num recipiente de vidro. Fica um cheirinho boooom!
Coloque um fio de azeite na frigideira e os filés. Quando começar a cozinhar, vire os filés. Quando tiver pronto, coloque uma camada generosa de gergelim tostado. Fica crocante, uma delícia!
Vocês podem fazer como eu e tostar uma quantidade maior e guardar num potinho que lacre bem para a próxima vez. Próxima vez? Sim, vocês vão adorar e certamente repetir!

domingo, 18 de julho de 2010

É hoje! O primeiro aniversário do blog!

Hoje é um dia bem especial!
O blog está completando um ano hoje!
E hoje é aniversário de uma amiga muito querida, Márcia, e "aniversário" de um mês do nosso peixinho Beto, que ganhou um aquário novo.
Para comemorar, fiz um bolo especial, com receita nova e que inaugurou o meu maçarico culinário.
Fiz um pão de ló recheado com duas camadas de creme branco e uma de geléia de morango, com cobertura de merengue italiano (ou marshmallow).
Coloquei muitas fotos, porque fiquei me achando uma mestre-cuca com esse bolo!! rsrsrs
Como a cobertura é muito doce, a acidez dos morangos casou bem. Deve ficar bom com ameixa, pêssegos, abacaxi.
Pode ficar muito bom o merengue com umas raspinhas de limão ou gotinhas de outro sabor que prefira e que combine. Mas do jeito que está já é fantástico! Quem compra pronto e quer testar, vai ver como fica bem melhor.

Obrigada a todas as pessoas que seguem o blog e comentam!
Tomara que este seja o primeiro aniversário de outros tantos que virão.

Bolo com cobertura de merengue italiano (marshmallow)

Ingredientes:

Pão de ló (usar meia receita)
- 7 ovos médios (gemas peneiradas) em temperatura ambiente;
- 2 xícaras (chá) de açúcar refinado;
- 3 xícaras (chá) de farinha de trigo;
- 2 colheres (sopa) de margarina ou manteiga;
- 1 xícara (chá) de leite;
- 1 colher (chá) de aroma MIX de manteiga;
- 2 colheres (sopa) de fermento em pó.

Creme branco:
- 1 lata de leite condensado;
- 1 medida da lata de leite integral;
- 1 colher (sopa) de Maizena;
- 1 colher (sobremesa) de baunilha;
- 100g de chocolate branco em pedaços;
- 2 gemas.

Calda:
- 1 1/2 xícara de água;
- 4 colheres (sopa) de açúcar;
- 1 colher (sobremesa) de baunilha.

Merengue italiano (marshmallow):
- 2 xícaras (chá) de açúcar refinado;
- 1/2 xícara (chá) de água;
- 3 claras em temperatura ambiente.

Modo de preparo:

Pão de ló
Coloque o leite para ferver com a margarina (ou manteiga) e mantenha-o aquecido. Bata os ovos com o açúcar na batedeira até que dobre de volume. Vá alternando rapidamente o leite reservado com a farinha de trigo. Retire da batedeira, acrescente o aroma e o fermento mexendo delicadamente. Leve ao fogo pré-aquecido por aproximadamente 30 minutos (até o palito sair limpo). Desenforme morno e reserve.

Creme branco
Leve ao fogo médio o leite condensado, a Maizena dissolvida no leite integral e as gemas. Cozinhe até engrossar. Apague o fogo e acrescente o chocolate e a baunilha, mexendo bem. Caso o chocolate não dissolva por completo, leve ao fogo baixo até derreter. Reserve.

Calda
Leve a água e o açúcar ao fogo até dissolver e amornar.
Acrescente a baunilha e reserve.

Merengue italiano (marshmallow)
Leve ao fogo o açúcar e a água, mexendo bem. Coloque o termômetro culinário e espere atingir o ponto de calda de bala mole, 115 graus. Enquanto isso, bata as claras em neve.
Quando a calda atingir os 115 graus, retire do fogo e acrescente-a aos poucos sobre as claras em neve, batendo na velocidade mínima. Quando acabar de acrescentar a calda, aumente a velocidade da batedeira para a máxima e deixe-a bater até esfriar. Reserve.

Como montar:
Separe o bolo em quatro camadas. Pegue uma colher (sopa) de creme branco e espalhe no centro do prato onde colocará o bolo, para fixá-lo.
Coloque uma camada de massa, umedecendo com a calda, com a ajuda de um pincel.
Espalhe uma camada do creme branco.
Coloque mais um disco de massa. Umedeça-o com a calda e o pincel. Coloque uma camada de geléia de morango.
Coloque mais um disco de massa. Umedeça-o com a calda e o pincel. Coloque uma camada de creme branco. Posicione a última camada de massa e umedeça-a com a calda e o pincel.
Aguarde dois minutos, para absorver bem.
Espalhe uma camada de merengue, alisando-a com o auxílio de uma espátula.
Coloque o merengue restante num saco de confeitar e faça os detalhes, deixando um círculo vazio no centro.
Com o maçarico a poucos centímetros do bolo, doure o merengue.
Preencha o centro com geléia e leve à geladeira até a hora de servir.

Tirei umas dicas legais daqui e desse livro mega especial!

sábado, 17 de julho de 2010

Retrospectiva

Essa semana foi muito tumultuada, muitas coisas acontecendo, que nos desorganizaram acima do normal.
Como vocês puderam observar, o blog sentiu isso, pois os posts ficaram um pouco de lado.
Mas sobrevivemos e o resultado final foi muito bom, com perspectivas bem animadoras!
Bem animada eu fiquei em ver a retrospectiva dos aniversários da Júlia na escola... gente do céu, ainda não faço um trabalho profissional, até porque esse não é o meu objetivo de vida, mas quanta diferença!!
Para quem precisa de um pouco de coragem, essas fotos certamente serão um incentivo, vamos lá, as coisas podem melhorar... as fotos falam por si... rsrsrs
Todas as festinhas tiveram temas e papel de arroz, por escolha da aniversariante!

Aniversário de 3 anos: tema - Ariel (Pequena Sereia)


Aniversário de 4 anos: tema - Palhacinho


Aniversário de 5 anos: tema - Palhacinho (sim, de novo!)


Aniversário de 6 anos: tema - Pucca

segunda-feira, 12 de julho de 2010

A festinha da Jú ganhando o mundo!!

As possibilidades da internet chegam a me assustar!
Como se já não bastasse publicar as fotos da festinha da Jú e o mundo todo poder ver, recebi um convite da Bird Crafts para colocar um link no blog há alguns dias e hoje recebi a notícia de uma outra publicação por lá, de uma das fotos da festa da Júlia, com uma ótima sugestão, que era de usar as idéias num Valentine´s Day!
Sim, com certeza foi esse o espírito! O Funny Love entre a Pucca e o Garu foi o mote da decoração da festa!
O link é este daqui! Thanks, darling!

sexta-feira, 9 de julho de 2010

Momentinho "Não tem preço" com minha filha


A Júlia está de férias e eu não trabalhei hoje à tarde.
Pensamos em ir andar de metrô (sim, nesta casa se cultiva uma vida simples e andar de metrô é um programa!), então sugeri irmos ao Parkshopping, porque sempre os shoppings daqui tem programação infantil de férias.
Ela me perguntou se ela ia brincar de Hamster (hã????). Explicando, entendi o que era: uma bola gigante nas quais as crianças entram e ficam se equilibrando e andando dentro, sobre a água. Teve num outro shopping, há um ou dois anos e a levei. Realmente parece brincadeira de Hamster!!
Mas não, o shopping está com um programa de culinária infantil, Petits Chefs 2010. Mostrei pra ela, dizendo que as crianças hoje fariam biscoitos de chocolate. O diálogo ficou assim:
- Filha, olha que legal! As crianças vão fazer biscoito de chocolate.
- Legal nada! Hum! Fazer biscoito as crianças fazem com as mães delas.
- Mas querida, não é toda mãe que faz biscoito com os filhos. Algumas não sabem.
- Ah, mas você faz. Eu não quero fazer biscoito com esse tio do shopping. Prefiro fazer com você. E o seu biscoito é o mais gostoso do mundo!! (e me abraçou bem forte)
Ai gente, coração de mãe tem que ser forte, não é mesmo???
E não tô enfeitando não, foi assim mesmo. Quem conhece a minha pequenininha sabe que é bem dela esse diálogo marrentinha-fofinha. Fofa!!!
Já que não dá pra brincar de Hamster, foi pra casa da avó brincar com os amiguinhos do bloco e com o cachorrinho. Isso é infância!!
Para as mamães e pros papais que não sabem o que fazer com os filhos nas férias, o Dr. André Bressan (do "Blog do pediatra em casa"), meu companheiro do Planeta Saúde Brasil (tudo bem que tenho andado beeem mais por aqui do que por lá), escreveu um post bem legal, que pode ser acessado por aqui. Fica a dica!

Foto tirada daqui: Vila Mulher.

Como fazer: festinha em casa - Parte 3 - As guloseimas da mesa de doces!!

As crianças adoraram a mesa auxiliar, em especial as balinhas de leite e os pirulitos.
Como já publiquei as receitas aqui no blog anteriormente, permitam-me apenas relacionar os links, ok??



Balinhas de leite
Pirulitos

Como fazer: festinha em casa - Parte 2 - Os brigadeiros de colher!!

O meu microondas tem uma tecla "Beijinho de coco", então, confesso a vocês que era esse o caminho para os brigadeiros feitos na minha casa há um tempo.
Assim, como o bolo já tinha desandado, não quis arriscar perder o ponto dos brigadeiros de colher, pois seriam a minha ruína (ai que drama!!).
Resolvi arriscar uma receita da Nestlé, confiando que o trio leite moça + creme de leite + chocolate seria infalível! E foi! Ficou muito bom! Fica mais suave, talvez algumas pessoas achem que lembra muito o sabor do creme de pavê, mas gostei bastante.
Os convidados aprovaram!
Mas nada impede que vocês façam uma massa tradicional de brigadeiro, simplesmente num ponto mais mole. Lembrem-se de tomar o cuidado de esperar amornar-esfriar para colocar nas tacinhas!
A primeira foto é a dos meus brigadeiros e a segunda é do site da Nestlé.




Brigadeiros de colher (receita e dicas tiradas do site da Nestlé)
Ingredientes:
- 1 lata de LEITE MOÇA®;
- meio tablete de NESTLÉ CLASSIC® Meio Amargo picado;
- 1 caixinha de Creme de Leite NESTLÉ® - Caixinha;
- confeito de chocolate colorido para decorar.

Modo de preparo:
Em uma panela pequena leve ao fogo baixo o LEITE MOÇA® com o Chocolate. Cozinhe mexendo sempre até obter consistência de brigadeiro mole (cerca de 8 minutos). Retire do fogo, acrescente o Creme de Leite NESTLÉ® e misture bem. Espere amornar-esfriar (alteração minha). Distribua em pequenos copos descartáveis (30ml). Espere esfriar e sirva a seguir.
Dicas:
- Este brigadeiro, servido em pequenas porções, é ideal para ser servido em festas ou ainda para aqueles que querem manter uma alimentação equilibrada;
- Se desejar, distribua confeitos de chocolate nos copinhos antes de servir;
- Para fazer o brigadeiro branco, prepare a receita sem acrescentar o Chocolate Meio Amargo.

Como fazer: festinha em casa - Parte 1 - O bolo!!

Não sei se conseguirei postar todas as receitas executadas na festinha da Júlia hoje, então, dividi o post em partes. Por isso "Parte 1".
Imprevistos sempre acontecem e a gente tem que contar com a possibilidade de ocorrerem adversidades. Ser dona de casa e aprendiz de confeiteira nos força a ter jogo de cintura, levantar a cabeça, sacudir a poeira (ou a farinha) e dar a volta por cima.
Comigo foi assim: me organizei para estar em casa por volta das 10h30 da véspera da festa da Jú. Tinha jogo do Brasil às 11h. Acabando o jogo a gente almoçaria e eu começaria a fazer as coisas. Mas não foi bem assim. O Brasil perdeu e eu fiquei abalada! Podem achar frescura, mas fiquei mal.
Mas tive que me esforçar para superar, porque trabalharia no dia seguinte e a festa estava marcada para algumas horas depois da minha saída do trabalho. Assim, fui me "aquecendo" organizando a casa e a cozinha (pois sou um pooouco obsessiva, sabem? Não consigo fazer bagunça numa bagunça, as coisas tem que estar limpas, organizadas, mesmo sabendo que vou repetir o mesmo trabalho depois). Enfim, comecei os preparativos às 17h.
Mas ainda assim as energias estavam carregadas! rsrsrs O bolo, que já tinha feito uma dúzia de vezes, queimou por fora e ficou cru por dentro, fora ter sujado a cozinha toda ao bater. Me deu um desespero! Crise total! Já eram 20h e as coisas assim... esperei o bolo terminar de assar (!!!) e fui fazer os brigadeiros de colher. Meu abençoado marido chegou logo depois, me deu muita força e nem reclamou muito de sair às 22h para comprar mais ovos para o novo pão-de-ló (não só fiz outro bolo como optei por outra receita).
Enfim, esse diário virtual é para dizer que essas coisas acontecem! Infelizmente acontecem, mas a gente tem que superar! Fui dormir de madrugada, umas 2h30, mas deixei tudo pronto. Levantei quatro horas depois, trabalhei até as 12h30, feliz e satisfeita. A diarista-passadeira não pode vir e acabou rolando um atraso básico na hora da festa. Os convidados que chegaram mais cedo foram intimados a ajudar (e o fizeram numa boooa) e no final deu tudo certo.
E como não bastassem todas essas emoções, ainda tenho a alegria em compartilhar essas coisinhas deliciosas com vocês! Amo muito tudo isso! rsrsrs
Voltando ao que interessa... Gostei muito dessa receita, a massa é firme, boa para fatiar e rechear. Pretendo usá-la na íntegra depois. Como acho que vale a pena, coloquei a receita como está no site da Nestlé, com as observações do que não usei e do que substituí. Espero que não fique confuso demais para vocês.
A primeira foto é a do bolo que eu fiz e a seguinte é do bolo feito pela Nestlé.




Bolo de aniversário (adaptado do site da Nestlé)


Ingredientes:
Massa
- 8 ovos;
- 1 xícara (chá) de açúcar;
- 1 xícara (chá) de leite;
- 2 xícaras (chá) de farinha de trigo;
- 1 xícara (chá) de castanha-do-pará moída (não usei);
- 1 colher (sopa) de fermento químico em pó;
- manteiga para untar;
- farinha de trigo para polvilhar.

1º recheio
- 1 lata de Creme de Leite NESTLÉ®;
- 1 tablete de NESTLÉ CLASSIC® Meio Amargo (usei metade meio amargo, metade ao leite);
- morangos cortados em pedaços médios (inclusão minha).

2º recheio** (não usei)
- 1 lata de LEITE MOÇA®;
- 1 vidro de leite de coco (200ml);
- 4 gemas.

Cobertura** (não usei)
- 4 claras;
- 1 xícara (chá) de açúcar;
- castanha-do-pará moída, para decorar.

Cobertura
- 2 pacotes de chantilly da Mix, preparados como instruções da embalagem.

Modo de preparo
Massa:
Em uma batedeira, bata os ovos até dobrarem de volume. Adicione o açúcar e bata mais um pouco. Diminua a velocidade da batedeira e adicione o leite. Desligue e adicione a farinha, as castanhas moídas (não usei) e o fermento e misture delicadamente. Despeje em forma redonda (28cm de diâmetro), untada e polvilhada. Leve ao forno médio-alto (200°C), preaquecido, por cerca de 30 minutos. Retire do forno e espere amornar. Reserve.
1º recheio:
Recheio de Chocolate: Em uma tigela, aqueça o Creme de Leite NESTLÉ® em banho-maria e misture o Chocolate picado. Mexa até formar um creme homogêneo. Reserve.
Lave bem uma caixinha de morangos, enxugue-os e corte-os em pedaços médios.
2º recheio:** (não usei)
Recheio de Baba de Moça: Em uma panela, misture o LEITE MOÇA® com o leite de coco e as gemas e leve ao fogo baixo, mexendo sempre. Assim que ferver cozinhe por cerca de 1 minuto, para engrossar. Retire do fogo e espere esfriar. Reserve.
Cobertura: ** (não usei)
Em uma panela, misture o açúcar com meia xícara (chá) de água e leve para ferver, sem mexer, até obter uma calda em ponto de fio. Enquanto a calda se forma, bata as claras em neve. Não desligue a batedeira e despeje a calda em fio quando estiver no ponto. Bata até que a tigela da batedeira esfrie.

Montagem do bolo
Instruções da Nestlé: Desenforme e corte o bolo em três partes iguais. Sobre uma das partes, espalhe o recheio de Chocolate e cubra com a outra parte da massa. Espalhe o recheio de baba de Moça e cubra com a ultima parte da massa. Espalhe o marshmallow sobre todo o bolo e cubra com castanha-do-Pará moída.
Como eu fiz: Eu usei uma forma maior, o bolo ficou baixinho e seria impossível parti-lo em três camadas. Fiz dois bolos e recheei ao meio com a ganache em temperatura ambiente e os morangos por cima, regando o bolo antes com uma calda simples de açúcar, água e baunilha.
Se tivesse recheado o bolo em três camadas ao invés de uma acredito que não teria sido necessário regar. Se fizerem como eu, reguem bem, para ficar molhadinho, pois a massa é bem pão de ló mesmo, beem sequinha, boa para fatiar e rechear. Ficou bom, mas eu gostaria de ter regado mais.
Depois de unir as partes, cubra com o chantilly, aplique o papel arroz recortado e comece a confeitagem com o saco de confeitar. Eu acho lindo o trabalho de cesta, que usei nas laterais e é feito assim:


Créditos:
A receita do bolo e a foto correspondente foram tiradas do site da Nestlé.
O passo-a-passo sobre confeitagem foi retirado da revista "Decorando bolos - produtos e idéias", da Celebrate.

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Cursos em julho da Fátima Eid em Brasília

Recebi a divulgação dos cursos de julho da Fátima Eid em Brasília.
Os cursos ocorrem na Estação das Embalagens, no CONIC.
Basta ligar para registrar o interesse e comparecer (e pagar) no dia. Valem a pena!
A programação está aqui.
Lembro que os cursos não são meus nem recebo qualquer bônus por divulgá-los, ok?
Em caso de dúvidas ou informações, queiram entrar em contato com os números que constam no material, está bem?

Resultado da enquete n. 2

O resultado da enquete sobre quais delícias vocês encomendariam foi:
1º lugar: Bolo de aniversário personalizado (62%);
2º lugar: Docinhos para festas (43%);
3º lugar: Cupcake com pasta de Leite Ninho e Alfajor (40%);
4º lugar: Cupcake com glacê ou ganache e Cupcake recheado e com cobertura (37%).
Obrigada a todas (os) pela participação!!
Espero definir valores e me organizar para começar a vender essas coisinhas em breve!

terça-feira, 6 de julho de 2010

Obrigada!

Obrigada, meninas, pelos elogios!
Estou angustiada em não poder respondê-las, porque estou colocando as coisas do trabalho em dia depois de dias dedicados às festinhas.
Já já retornarei a todas vocês!
Agradeço a compreensão!
Beijos,
Chris

domingo, 4 de julho de 2010

Festinha da Jú em casa

Um dia, se Deus quiser, farei um festão para muitos amigos e todos os queridíssimos familiares.
Como ainda não foi possível, repetimos a dose aniversariante-pais-tios-primos-padrinhos este ano e foi beem legal!
Quase tive um ataque na sexta-feira, porque já estava naquela ressaca moral depois da derrota do Brasil, aí de repente o bolo que já tinha feito várias vezes desandou! Meu queridíssimo marido teve que sair às 22h para comprar ovos para um novo pão de ló. No perrengue, substituí a pasta de leite ninho pelo chantilly (pela praticidade), mas mesmo assim tive que dormir de madrugada para terminar o bolo. Mas deu tudo certo!
O território escolhido foi a casa dos meus pais e as últimas novidades foram colocadas em prática. Fiz balas de leite, pirulitos, cupcakes (de baunilha com recheio de geléia de morango e cobertura de mousse de chocolate), tacinhas de brigadeiro mole e o bolo. Minha mãe fez beijinhos e brigadeiros. Os salgados foram encomendados na Casa de Biscoitos Mineiros e estavam ótimos!! Na última hora, desisti de fazer o Yakissoba, por pura falta de energia e viabilidade de tempo.
Minha comadre Andréia ficou rindo de mim, dizendo que não se surpreenderia de chegar a uma festa e eu dizer: "Ah, sabe esses balões, fui eu quem fez!". Os planos das festas do Robert e da Jade já começaram!!
Muito obrigada aos meus pais por permitirem a bagunça e pelo grande apoio e ajuda, a D. Mariza por toda a generosidade e auxílio, ao cumpadi Marcelo pelas fotos e a Tati e a cumadi Andréia pelas preciosas habilidades colocadas em prova!
Durante a semana coloco as receitinhas... por enquanto, só as fotos!

Mesa de doces e bolo... 


Visão geral...
 

Detalhes dos cupcakes e brigadeiros de colher...





Os docinhos foram enfeitados com beijinhos (mas não fotografei). Os da festa na escola receberam estrelinhas e ficou assim:


 "Mesa" auxiliar (que as crianças adoraram!!), com as lembrancinhas, enfeites de cabelo, doces e os copinhos decorados...
 
 

O bolo e os corações acabando de cair (foi linda a chuva de corações na hora do Parabéns!!!)...

As lembrancinhas ficaram assim...

Presente especial


O aniversário da Júlia com os padrinhos e familiares foi ontem, muito, muito especial!
Para incentivar as próximas festas, ganhei do cumpadi e da cumadi um livro maravilhoso: Técnicas de Confeitaria Profissional, de Mariana Sebess, da Senac Editoras.
Passei a manhã de hoje me deliciando com suas 364 páginas!
São muitas técnicas, fantástico!
Mas para executá-las terei mesmo que comprar uma balança culinária. Assim que tiver uma folguinha vou resolver isso.
Recomendo muito!!
Ele está em promoção no Submarino!
Muito obrigada André e Taia!!

quarta-feira, 30 de junho de 2010

Festinha da Júlia na escola

Gente, não aguentei!
Depois de muitas horas de dedicação, deu tudo certo na festinha da Júlia hoje a tarde, na escola dela.
Estou super-ultra-mega acabada, minha coluna está dando nó, mas não resisti e vou postar algumas fotos, das latinhas personalizadas (nem precisou de gráfica, fiz em casa mesmo as etiquetas), dos enfeites de coração, do bolo e do resultado final.
Ficou lindo e minha pequena estava muito feliz, o que é o mais importante!!
Esse é apenas um breve "OI", quando essas festividades todas acabarem retorno com o passo-a-passo.

Na NOVA cozinha da Chris   © 2008. Template Recipes by Emporium Digital

TOP