sexta-feira, 18 de junho de 2010

Minhas primeiras Madeleines e um lembrete

Estreei as minhas forminhas para Madeleines com mais uma receita da Patricia Scarpin.
Dizer que gostei não seria a coisa mais apropriada, porque não deu muito certo.
Segui todos os passos, exceto pela substituição da Praliné de Amêndoas pela cobertura crocante da Marvi de castanha de caju, que já tinha em casa. Nessa troca, as castanhas de caju ficaram perdidas na massa, macias, sem destaque.
Como as coisas não saíram bem, não vou publicar como fiz a receita e sugerir que façam como consta do site da Patrícia.
Vocês podem achar estranho eu escrever um post assim, sem receita, comentando um fracasso, mas é para lembrar a todos do seguinte: a menos que tenha muita certeza do contrário, sigam SEMPRE as receitas! Por mais óbvias que elas pareçam, um pequeno detalhe pode fazer toda a diferença!
Neste caso, pior que a troca dos ingredientes foi errar a temperatura do forno...

Madeleines assadas (por engano) a 180 graus:


Madeleines assadas (corretamente) a 200 graus:


Viram que diferença enorme?? Não ter me atentado para a temperatura do forno me fez perder 2/3 das Madeleines :(
Mas as que sobraram receberam uma leve polvilhada de açúcar de baunilha e acompanharam um gostoso café quentinho no Dia dos Namorados...

2 comentários:

duda lima

acho importante esse tipo de post, para lembrar que o mínimo detalhe pode fazer diferença!

Christiane

E não é mesmo?
Já perdi algumas receitas por assar em forno com temperatura errada ou não untar direito as formas (sobretudo quando passo tempos usando só as com teflon e depois uso uma de alumínio).
Acontece, mas, se a gente procurar evitar é melhor.
Bjs

Na NOVA cozinha da Chris   © 2008. Template Recipes by Emporium Digital

TOP